segunda-feira, 5 de julho de 2010

Traçados

Era perfeito demais pra mim.
Combinava em tudo. Era realidade que não dava assim.
Seria tudo tão perfeitamente perfeito que a perfeição incomodaria.
Viraria rotina, chatice!
E como tudo que deve ser será...
...Não foi.

Um comentário:

Mabel disse...

E sempre queremos o que não temos e assim o que não temos permanece intacto. Parace que a conquista traz a banalidade a tira colo.
saudades!